terça-feira, 23 de dezembro de 2008

A praga que invade o seu lar todos os dias.

Você se pergunta o que está acontecendo com nossos jovens; sexo, drogas, gravidez precoce e doenças sexualmente transmissíveis. Porque antigamente isso não acontecia? Aqui vou deixar minha visão deste assunto, embora não seja o dono da verdade, nem feito uma pesquisa aprofundada no assunto, tenho em mãos dado levantados ao longo de anos de experiência, e relatos de pessoas com mais idade e experiência que eu. O que acontecia no passado, não tão distante era que o meio de comunicação mais usado era o radio. As pessoas,principalmente as do sexo feminino se deliciavam com os programas musicais,e novelas a noite em AM. Isso não às impedia de fazerem suas tarefas domésticas, seu tricôs, seus bordados etc. Os homens trabalhavam ouvindo músicas, e ficavam a par das noticias, ou ouvindo a transmissão do futebol. À noite a família se reunia para conversar, ouvir os conselhos dos pais, trocarem informações e muito mais, e ainda sobrava tempo para dormir mais cedo. Existia mais união, consequentemente mais amor e cumplicidade. Antigamente adolescentes de quatorze anos, brincavam de carrinho e boneca. Se você é jovem e esta lendo, parece ser caretice o texto, mais esta comprovado cientificamente, que uma criança que aproveita todas as etapas da vida por inteiro, terá muito maior a chance de não se tornar um adulto frustrado. Pois bem, a praga que invade a sua casa todos os dias é a TV, com uma grande parcela de culpa dentre os canais aberto a [rede globo]. Pare e reflicta; Você tenta atribuir valores a tua família ensinando o que é certo, de repente eles te deixam falando sozinho e vão para a sala ou quarto assistir TV; malhação, novela, e filmes eróticos. Você ensinou para tua filha que namorar só depois dos quinze anos,quando fará a famosa festa de debutante,mais quando assiste malhação vê crianças namorando e beijando na boca. Você educa sua filha para só entregar sua virgindade à pessoa que à ama-la de verdade,mais assistindo a TV ela vê meninas transando com os colegas,só para pertencer a um grupo social.Você abomina a idéia da gravidez na adolescência ,no entanto na TV isto é normal. No passado tinha-se o conceito,embora errado e machista que se a mulher ou o homem fosse pego fazendo sexo com outra pessoa,seria lançada aos cães,difamada,colocada para fora de casa. Não quero dizer que isto seria correto,porem o que não é correto é você assistir a novela e ver o marido pegar sua mulher transando com o outro,e sentar-se na cadeira esperando o final do coito para depois fazer um shouzinho,e acabar aceitando-a de volta no lar .[Medina] Quero deixar claro que não recrimino o homo sexualismo,desde que seja por desequilíbrio hormonal.Porem sou contrario ao homo sexualismo por experiência,por sem vergonhice mesmo. Mas na novela das oito,são colocados rapazes e moças heterossexual ,para fazerem papeis de gays e lésbicas ,deixando ao meu ver isso ser normal,qualquer um pode experimentar ,e até gostar. De repente seu filho ou filha são tímidos, e estão demorando adquirir a maturidade sexual, assistindo á novela ache que ele ou ela são gays, indo a ter a sua primeira experiência sexual de forma precipitada. Poderia continuar dando exemplos variados como o bandido do interior que assistindo o jornal, fica atualizado diariamente das novas técnicas de seqüestro e assaltos que estão acontecendo a centenas de km de sua cidade, mas vou deixar para a próxima. Porem deixo esta mensagem para você refletir;Quase tudo o que se vê na TV hoje em dia é propaganda,a tendência do ser humano é copiar o que o outro faz,principalmente o que ele acha que deu certo. O que você e sua família estão fazendo [será que já é hora da novela?].

Nenhum comentário: