quinta-feira, 23 de julho de 2009

Que vontade de voltar a ser criança

Quem de nós já não teve vontade de voltar a ser criança? Michael Jackson sonhava com a eterna juventude[queria ser o Peter pan],e ele conseguiu pois jamais ficara velho,descobriu a fonte da juventude eterna [a morte] jamais verá sua face envelhecida refletida no espelho pois o tempo é implacável,e dia após dia ele nos prova isto. Mais o que nos resta é saber aproveitar cada faze de nossa vida,à começar pela nossa juventude e tentar compreende-la, pois com o passar dos tempos algumas das brincadeiras que fazíamos na nossa juventude ficaram esquecidas no tempo, sendo substituídos por vídeo games, computadores etc. Mas que saudade da inocência das brincadeiras de nossa infância: uma simples lata de sardinha com a tampa dobrada era um caminhão caçamba, um pedaço de pau fincado no chão com uma roda pregada na ponta, era o volante de um ônibus, e tijolos eram bancos. Latas cheias de terra, com um arame passando de um lado para o outro era carrinho de lata, quanto mais latas maior o carrinho, um aro de bicicleta e um pedaço de pau e já era um brinquedo, os jogos eram três Maria jogados com três pedrinhas, dados, jogar palitos, peteca, e futebol. Brincadeiras eram [pica esconde, de se esconder, de cabra cega, de pega pega etc. Quem de nos que tivemos uma infância humilde e normal não brincou debaixo de chuva ,nas poças de água mexendo com o barro,ou jogou bola e foi para casa todo molhado ,então sua mãe vinha correndo dizendo para nos enxugarmos e trocar de roupa ,depois tomávamos aquele café com pão e íamos assistir TV.Depois da janta íamos deitar naquela cama inesquecível,sem se preocupar com o dia de amanhã pois a única coisa que teríamos que fazer era ir para escola. Não precisava se preocupar com a conta da luz, da água, ou a compra do mês, e ainda reclamávamos se não tinha carne para o jantar. Nosso amor era puro, pois amávamos todos ao nosso redor, e se brigávamos hoje, uma simples troca de conversa e estava tudo resolvido, não sofríamos de amores não correspondidos, pois amávamos o interior das pessoas, sem olhar se eram bonitas ou feias, novas ou velhas brancas ou negras, pois só queríamos ter mais amigos. Sim, éramos livres de verdade; hoje somos escravos de nos mesmos, pois temos que representar na maioria do tempo, não nos vestimos como nos é confortável, mais nos vestimos para que a sociedade nos aceite nos ambientes que vamos freqüentar,somos escravos do tempo ,que nos cobra a hora de levantar,trabalhar,almoçar. Se eu pudesse deixar um pedido, pediria que ao menos uma vez na sua vida visite uma família humilde, mais não para criticar nem para apontar erros mais para admirar a pureza de algumas brincadeiras das crianças, a simplicidade de sua maneira de viver e relembrar de nosso tempo de criança. Pois não podemos consertar o mundo, mais também não podemos virar o rosto para o que esta acontecendo, e nem negar nossas origens. Se você teve uma infância normal, participou das mesmas lembranças que eu, deixe seu comentário, pois tenho certeza que sei o que sente quando vê uma criança brincando. Pois se olhar o mundo através do olhar de uma criança não conseguirá achar a maldade que existe em teu semelhante.

Nenhum comentário: