Se eu soubesse que iria morrer amanhã

Se eu soubesse que iria morrer amanhã não perderia um segundo de minha vida tão curta,sairia imediatamente do consultório médico chorando,porem ao encontrar com alguém que me questionasse o porque de eu estar triste com lagrimas no rosto ,diria não,não estou triste,ao contrario o medico acabou de me dizer que preciso ser feliz e que tenho que realizar todos meus desejos,que quase nada é impossível,mais obrigado por se importar comigo,e tenha um ótimo dia senhor,e no retorno para casa cumprimentaria todos que eu encontrasse pela minha frente,daria bom dia para aquela gari,que varre a rua de minha casa,ajudaria aquela senhora atravessar a rua,mesmo que ela não pedisse,compraria pipoca só para dar aos pombos,compraria um sorvete só para ajudar o sorveteiro e elogiaria o sabor daquele sorvete como se fosse o mais gostoso que já provei,o barulho dos carros que antes me irritava,hoje pareceria ate música,aqueles pingos de chuva que me faziam correr hoje me fariam querer me molhar e sentir como pode ser gostosa aquela chuva,crianças que brincam e correm na chuva,que antes me incomodavam,e eu às criticava por isso,hoje eu notaria que o que elas fazem é simplesmente estarem felizes,aquela vitrine que ao refletir minha imagem,antes fazia eu pensar como eu não era belo,hoje em frente a mesma vitrine me faria refletir que sou belo e perfeito,e ao chegar no portão de casa passaria a mão na cabeça do cachorro que vem me encontrar com o rabo abanando,e ao entrar porta a dentro diria [querida cheguei] ,e logo daria um beijo na esposa, correria a perguntar ;aonde estão as crianças,e notando que elas estavam na sala começaria a importuná-las para irmos jogar bola,pois quantas vezes foi ao contrario,eu assistia TV e elas que insistiam para eu jogar com elas,e eu sempre me negava,mesmo cansado depois do futebol,mau entraríamos para dentro e faríamos aquele lanche juntos todos na mesa,e eu já os convidaria para irmos pescar,ou então simplesmente para andarmos juntos pela rua,sem destino certo,contaria historias de minha vida e ouviria atentamente a deles,iria querer saber se eles já tem namorada,se vão bem nos estudos,do que eles realmente gostam,se eles me achavam um bom pai,e se tinham alguma queixa de mim,sentaríamos em um banco de praça e veríamos o por do sol,e ao escurecer voltaríamos para casa exausto e tomaríamos banho ,faríamos aquela algazarra,toalha para todo o lugar,sabonete no chão,e tudo mais,sentaríamos em volta da mesa para jantarmos todos juntos,agradeceríamos a Deus pelo alimento,pela saúde,e pelo trabalho,e após jantar elogiaria o tempero de minha esposa pois nunca tinha reparado como é gostoso arroz,feijão,e ovo frito,iriamos assistir TV e pediria para que todos se sentassem ao meu redor,mesmo que isso me afligisse no passado,mais neste dia como seria gostoso,não interessaria que filme estivesse passando,o que importaria era estarmos todos juntos,daria uma hora da madrugada,e todos com sono eu diria que era cedo para dormirmos,e que se eles quisessem dormir eu velaria seu sono,daria muitos beijos de boa noite,faria a mais longa oração e mais perfeita ,pediria por cada um de forma especial,me arrependeria de meus pecados,e se tivesse tempo pediria perdão a todos que magoei durante a minha vida,e então sem forças adormeceria ali mesmo no sofá.E quando acordasse no dia seguinte eu notasse que ainda estava vivo,sairia correndo para o consultório médico e encontrando o medico que havia dito que eu iria morrer,e ao questionar de estar ainda vivo,ele me diria se eu teria lido a receita que ele me dera no dia anterior,e ao abria a receita que ainda estava em meu bolso[estaria escrito;[Viva intensamente cada dia de sua vida como se fosse morrer amanhã,pois só assim você verá que um dia é muito pouco para fazermos tudo o que queremos,e tudo o que podemos fazer hoje deixamos para amanhã achando que sempre existirá o amanhã,por isso faça tudo o que puder fazer hoje e amanhã retorne a consultar comigo]Então ele encerraria a consulta dizendo;Eu jamais soube o dia de sua morte,mais agora você sabe que precisa viver cada dia como se fosse o ultimo.

Comentários