sábado, 9 de outubro de 2010

Política ou barganha


 

Bem como um bom Brasileiro não poderia deixar de comentar sobre política, se bem que às vezes fico em dúvida se a palavra correta não seria barganha, pois não é isso que vemos todos os dias nos jornais? Acabamos de sair do primeiro turno das eleições, ajudamos a eleger deputados estaduais e federais, senadores e governadores, sempre na esperança de termos acertado desta vez, mais como nada é próximo do perfeito, infelizmente a vitória deste ou daquele candidato não depende apenas das pessoas informadas, ou pelo menos daquelas que procuraram se informar da vida política dos candidatos, mais dependeu também da ignorância de parte dos eleitores brasileiros, dos menos informados, dos eleitores que fizeram de seu voto objecto de barganha, trocando seu voto por combustível, cesta básica, madeira, etc. As eleições ainda nem terminaram e o que já podemos ver é uma demonstração seria de desrespeito com os eleitores que tiveram a preocupação de se informar da vida pública dos candidatos antes de votar, pois a começar pela estância maior o SUPERIOR TRIBUNAL  ELEITORAL aceitar a candidatura de pessoas analfabetas ,só porque sabia escrever o nome,aceitar que candidatos com pendência na justiça possam ter disputado uma eleição,mesmo com a mobilização do povo brasileiro em defesa do fixa limpa,e para fechar com chave de ouro as vésperas da eleição retira a obrigatoriedade do título de eleitor na hora de votar,um desrespeito aos milhares de eleitores que ficaram em filas frente aos cartórios eleitorais para regularizarem seus títulos de eleitores,E agora depois da tamanha incompetência praticada,ao verem palhaço sendo eleito com propagandas políticas em todos os meios de comunicação,que envergonham o congresso nacional,e aqueles que lá freqüentam,comparando aquela instituição como um grande circo,como que se precisasse de um palhaço para abrir as cortinas do picadeiro,e revelar a face oculta do circo,deixando que políticos corruptos gastassem mais um pouco do dinheiro público,patrocinados  com doações de empresas que sempre obtiveram vantagens do sistema.E agora teremos que ir as urnas para votar no segundo turno,com as seguintes opções:escolher entre dois qual é o menos ruim,ou se omitir votando nulo,sem perceber que estamos mais uma vez sendo desrespeitados em nossas decisões,pois é só para isso que inventaram o segundo turno,para nos forçar a ter uma segunda opinião,como que se dissessem :será que você não quer mudar de opinião?Ora,se tivemos o tempo para analisar as propostas de todos os candidatos,e decidimos por este ou aquele,fica claro que ter que votar em um dos candidatos ou anular o voto no segundo turno vai  ao contrario de minha decisão do primeiro turno que deveria permanecer intocável por respeito a mim e ao candidato que eu votei,mesmo que derrotado.Mais para que faça jus ao termo barganha,o segundo turno começa e com ele as barganhas políticas,trocas de apoios de partidos por ministérios,directorias de estatais e cargos e mais cargos ,e ainda tem a ousadia de aparecer na televisão com pose de honestos,incorruptíveis,mágicos e até milagres fazem ,conseguindo até inserirem um terceiro candidato fictício ,pois é assim que muitos vão votar no segundo turno,votarão no candidato apoiado pelo fulano e nem estão se preocupando nas propostas,na ideologia,ou quem esta pessoa vai levar junto com ela para o palácio.Cinto me envergonhado que em um país como o Brasil tenhamos  a escassez de candidatos a presidência da república,será que só existe apenas duas mulheres com qualificações para disputar uma eleição,e será que estes  candidatos do sexo masculino que nos apresentaram eram o melhor que tínhamos no momento,imaginem o pior como seria ,e se Tiririca candidato a deputado federal eleito com mais de um milhão de votos ,tivesse saído a candidato a presidência, teria dado canseira,e agora estaria sendo assediado pelo seu apoio no segundo turno ,talvez em troca do ministério da cultura.Infelizmente só nos resta rezar pois as apostas já estão feitas,só que se ganhar quem leva o premio são eles os políticos,para nós só restará pagar as dividas que eles fizerem.

2 comentários:

guímel disse...

Olá Elias!

Saudades dos seus textos, visito sempre a procura deles...
Então, estamos no impasse do 2° turno, precisamos estar atentos. Aflição maior não são os candidatos e sim os vices!
Teme(r) só de pensar... e Indio só de imaginar...

Abraços

Elias o pensador disse...
Este comentário foi removido pelo autor.